O que é o Amor?

Enquanto a carapaça imaginária do “eu-interior-separado” se dissolve entre a meditação e contemplação sinceras, a fragrância divina do amor espiritual suavemente amanhece em nós. É uma abertura ao mistério da vida inconcebívelmente delicada e vulnerável, que nos enche de profunda gratidão, espanto e maravilhamento.

Este tipo de amor transcende em muito a experiência convencional do amor pessoal como um tipo de intimidade que caracteriza um pequeno círculo de relações ou parcerias, ligando uma pessoa a outra. É antes a descoberta de uma amor impessoal ou universal que é a condição natural de todas as relações, de todas as experiências e que por isso é a essência da miríade de expressões da própria Criação.

O amor espiritual é a compreensão sentida que a Realidade não é feita de um eu interior separado do mundo exterior dos outros e dos objectos, mas que é de facto um todo indivisível.

Este amor espiritual impessoal tem dois aspectos que infundem a alma humana:

Primeiro, abençoa-nos com um saber profundo que, apesar da guerra, injustiça e destruição ecológica, tudo está perfeito como é, que de algum modo incompreensível e para lá do alcance da mente o processo da vida se desenrola como tem que ser. Este aspecto do amor divino liberta-nos do fardo da existência e enche-nos de paz, espanto e gratidão pela simples e doce maravilha de estar vivo. Anuncia que tudo está bem porque tudo e todos são já Um. Esta é a bendição do que é por vezes chamado “Amor Incondicional”.



Segundo, engendra cuidado, compaixão e um profundo sentido de responsabilidade pela evolução do próprio processo da Vida. O amor espiritual chama-nos a renunciar à ilusão de separação para que possamos tornar-nos agentes de acção iluminada no mundo da dualidade. Anuncia que muito tem que mudar para trazer a Absoluta verdade da união anterior à manifestação no mundo relativo do tempo, espaço e criação. Esta é a apaixonada obrigação moral voltada para o futuro do “Amor Evolucionário”.

Info sobre o Curso Evolução da Consciência em Lisboa aqui

Comment: