O Início de uma Formidável Aventura

Do meu próximo livro "Desperta e Evolui"...
 

«Deus quer, o Homem sonha, a Obra nasce»
              Fernando Pessoa


Costuma experienciar com frequência um anseio ardente e profundo, brotando do íntimo, um doloroso e indefinível desejo, irradiando do âmago, de algo que não consegue totalmente apreender ou explicar? Poderá descrevê-lo como um anseio de paz duradoura, ou de amor profundo, ou de liberdade ilimitada; porém, está também consciente de que isso transcende qualquer desejo de um determinado estado emocional e de que parece eclipsar todas as suas tentativas de o captar ou de o conceptualizar.

E quando olha para a realidade exterior do nosso mundo  do século XXI, sente que estamos a viver um tempo, sem precedentes, de convergência entre crise global e transição? Sente emergir um carinho profundo, que traz consigo a sensação premente de que os seres humanos necessitam desesperadamente de evoluir no modo como se relacionam consigo mesmos, com os outros e com o planeta Terra? Quando contempla o grande plano do nosso frágil género humano, experiencia uma onda de paixão e de desejo de realização plena do seu potencial criativo, nesta preciosa dimensão humana, para bem de todos os seres?

Se a sua resposta a estas questões é um SIM imediato, e se não tem qualquer dúvida de que esta chama ardente não é senão o chamamento do seu Eu mais profundo, então já se lançou na maior aventura que qualquer ser humano pode alguma vez empreender – a viagem do Despertar Evolucionário.

O que é que eu quero dizer com «Despertar»? De forma breve, refiro-me ao despertar do sonho de uma existência contraída, limitada, enquanto mente, personalidade e corpo aparentemente separados e isolados, para o mistério totalmente libertador de quem, na realidade, o leitor é, de quem nós todos, na realidade, somos, como expresssões individuais de Uma Vida e Consciência Divinas.

O que é que eu quero dizer com «Evolucionário»? Resumindo, refiro-me ao nosso profundo compromisso de constante rendição ao processo de trazer à manifestação em nós aquele mistério libertador de Uma Vida e Consciência Divinas. E, para alguns de nós, aquela paixão sagrada pela evolução da humanidade e do nosso mundo inspirar-nos-á a dedicar os frutos da nossa própria transformação à criação de uma nova cultura humana baseada em valores iluminados, em comunhão com outros que partilham a mesma aspiração.

Este Despertar Evolucionário significa o término da nossa história individual e

coletiva de separação, de limitação e de estagnação – uma história que é a fonte de todo o nosso sofrimento, conflito e insanidade – e o amanhecer de uma nova possibilidade e de um novo potencial para a vida humana. Essa nova história começa quando despertamos para a nossa verdadeira natureza enquanto fonte autêntica e inteligência pura e consciente da própria Vida e da própria Consciência.

Neste livro, vou empenhar-me em catalisar e em evocar em si a descoberta incessante daquilo que designo como Despertar Evolucionário e, ao fazê-lo, vou transmitir a essência da visão, da filosofia e da prática de uma experiência utópica chamada O Projeto Vida Desperta, que co-fundei com a minha esposa Cynthia, em Portugal, e que estamos a co-criar com uma rede crescente de empenhados colaboradores. Eu vejo a nossa experiência evolucionária, que dá pelo nome de Projeto Vida Desperta, como uma expressão de um Projeto Vida Desperta mais amplo, que está atualmente a ganhar ímpeto em muitos locais do nosso planeta. Na verdade, poderá pensar no seu próprio interesse e na sua própria paixão pela transformação espiritual, num contexto global, como o seu próprio Projeto Vida Desperta

Apesar de tão inspirado como estou pela tarefa de partilhar isto consigo, tenho de começar por dizer que todas as minhas explicações serão inevitavelmente escassas, já que apenas uma explanação infinita poderia ser capaz de captar o mistério e a multidimensionalidade do Despertar Evolucionário. Não encontrará essa explanação infinita neste ou em qualquer outro livro. Mas se as minhas palavras conseguirem acender uma centelha do Infinito que há em si, e se essa semente encontrar solo fértil para lançar raiz na sua alma e se transformar num rebento da sua própria e única expressão da paixão, da criatividade e do amor puros, então o meu intento ao escrever este livro terá sido cumprido.

Experiência e aprender mais na próxima Evolução do Curso de Consciência.

 

 

Comment: